Trabalho de Exu


                                                         

Já algum tempo eu queria escrever sobre o trabalho com os companheiros da esquerda como costumamos nos referir aos Exus, dignos trabalhadores da Umbanda.
Porém o que falar sobre esses nossos irmãos, já que tantos escritores, Pais e Mães de Santo já falaram e comentaram sobre eles.
Mas sempre tem algumas coisas que nos faz pensar e nos faz raciocinar de forma diferente.
E nos trabalhos com eles e principalmente com o meu companheiro o qual sou aparelho e meio de comunicação para trabalhar no terreiro, estou cada vez mais aprendendo e conseguindo entender o amor que eles sentem por nós.
Em todos os trabalhos com a linha de Exu e Pombo Gira, sempre falo à assistência que a luz que eles carregam tem igual poder e intensidade que outros guias da Umbanda me perdoe a quem pensa que Exu e Pombo Gira, ainda necessitam trabalhar para buscar uma evolução, tem que ser batizado ou corado para não fazer o mal e bla, bla, bla, etc e tal.
Exu é um grande trabalhador do astral tem missões importantíssimas, trabalha em conjunto com todas as linhas de trabalhos da umbanda, de Caboclo a Preto Velho, todos tem em Exu o protetor para que seus trabalhos, rezas, oferendas e curas não sejam invalidadas ou profanadas por espíritos que lutam contra a melhora do assistido e doente.
Em uma das noites de trabalhos quando o meu companheiro atendia uma pessoa que esta doente há muitos anos e na oportunidade atendendo o pedido da filha foi com ela ao terreiro, pude constatar uma das maiores lição que tive em todos os anos que trabalho na espiritualidade.
Durante o atendimento o Exu se afastou permitindo a chegada do Preto Velho que é o guia que a referida pessoa mais gostava quando passou pela umbanda há muitos anos atrás, pois bem este trabalhador veio em terra para cuidar de seu aparelho que se encontrava doente e necessitava de novas esperanças para a dura realidade que vive.
Com a chegada da referida entidade o campo astral e perisspiritual da atendida mudou completamente, ela a partir deste dia tornou-se mais amável, esta respondendo bem ao tratamento tanto medico como espiritual, começou a dormir coisa que não conseguia há anos inclusive fazendo trocas de colchões, pois pensava que era por causa das molas ou espumas.
Pois bem a melhora tornou-se visível.
Passado um mês deste primeiro atendimento volta à mesma pessoa novamente para passar com meu companheiro de trabalho e através de um ato de amor explicou a filha da mesma e a minha pessoa, que somente o amor pode reconstruir células e mobilidades perdidas, fiquei intrigado com esta revelação, mas ele de forma carinhosa passava a mão na cabeça da senhorinha ao mesmo tempo em que mexia em sua mãe e braços que estavam duros devido a imobilidade e eles começaram a ficar leves e adquiriam mobilidade.
Explicou-nos que o pensamento de amor e carinhos quando recebidos diretamente através de nosso coração é o que faz a diferença no momento do atendimento ou doação de energia através da palma das mãos, para os assistidos que se encontram doentes ou obsedados por irmãos não esclarecidos.
Explicou a filha que ela deveria todos os dias acariciar a cabeça da mãe onde ela teve um aneurisma e ao mesmo tempo pensar no amor que as unem, neste meio tempo mexer nas mãos e nas pernas de sua mamãe que a melhora seria visível e perceptiva a todos.
Eu como médium e aparelho deste Exu, mesmo agora escrevendo esta passagem me emociono e lagrimas me chegam aos olhos, somente por ter tido o prazer de conhecer o poder de amor que eles têm por nós, o carinho e a preocupação.
Sou médium semi - consciente, mas durante os atendimentos confio plenamente no trabalho que ele realiza e muito pouco me lembro de conversas ou pessoas, muitas vezes as pessoas chegam para agradecer algo e fico sem jeito de dizer que não me lembro dela ou do trabalho realizado, mas este fato foi diferente, acho que ele permitiu a minha presença e lembrança para curar minhas deficiências também, para eu compreender o poder do amor e carinho entre nós todos.
Como gostaria de gritar em plenos pulmões para as pessoas ignorantes e preconceituosas que antes de julgarem o trabalho dos Exus e Pomba Gira, pudessem conhecer de verdade o que são estes trabalhadores da Umbanda.
Mas sei que tudo tem um porque nesta vida e muitas pessoas ainda não tem o necessário conhecimento e amor espiritual para entender que colhemos o que plantamos que a lei é rígida e todos serão submetidos a ela não importa o tempo que leva.
Enquanto isto nossos companheiros das ruas e encruzilhadas, dos cemitérios, das matas, estradas e praias, continuam plantando o bem e curando aqueles que merecem, chegara um dia onde o ser humano compreendera que nossas ações nos levam ou nos tiram do campo de atuação de nossos irmãos, onde uns são protegidos e outros infelizmente ainda são punidos.
Laroyê Exu.
Este também é muito bom Hewaldo S O Moraes
Roberley Meirelles
Esse é um pouco mais velho, porém também explico algumas coisas sobre os Exus.