Ogum torna-se o rei de Irê


Quando Odudua reinava em Ifé, mandou seu filho Ogum guerrear e conquistar os reinos vizinhos.Ogum destruiu muitas cidades e trouxe para Ifé muitos escravos e riquezas, aumentando de maneira fabulosa o império de seu pai.Um dia, Ogum lançou-se contra a cidade de Irê, cujo povo o odiava muito.
Ogum destruiu tudo, cortou a cabeça do rei de Irê e a colocou num saco para dá-la a seu pai.
Alguns conselheiros de Odudua souberam do presente que Ogum trazia para o rei seu pai.
Os conselheiros disseram a Odudua que Ogum desejava a morte do próprio pai para usurpar-lhe a coroa.
Todos sabem que um rei não deve ver a cabeça decapitada de outro rei.
Ogum não conhecia esse tabu.
Odudua imediatamente enviou uma delegação para encontrar Ogum fora dos portões da cidade.
Após muitas explicações, Ogum concordou em entregara cabeça do rei de Irê aos mensageiros de Odudua.
O perigo havia acabado.
Ogum fora encontrado antes de chegar ao palácio de seu pai.
Como Odudua queria recompensar o seu filho mais querido, presenteou Ogum com o reino de Irê e todos os prisioneiros e riquezas conquistadas naquela guerra.
Assim Ogum tornou-se o Onirê, o rei de Irê.
[ Lenda 32 do Livro Mitologia dos Orixás de Reginaldo Prandi ]