OGUM - Pontos


Pisa na linha de umbanda que eu quero ver Ogum Sete Ondas
Pisa na linha de umbanda que eu quero ver Ogum Beira Mar
Pisa na linha de umbanda que eu quero ver Ogum Iara,
Ogum Megê Ogum Iara, Ogum Megê
________________________________________
Ogum de lei não me deixe sofrer tanto assim meu pai
Ogum de lei não me deixe sofrer tanto assim meu pai
Quando eu morrer vou passar la na aruanda
Sarava Ogum, saravá seu sete ondas.
____________________________________________
Ogum em seu cavalo corre e a sua espada reluz Ogum,
Ogum Megê sua bandeira cobre os filhos de Jesus Ogunhê !!
____________________________________________
Beira mar auê beira mar Ogum já jurou bandeira
Nos campos do humaitá Ogum já venceu demanda
Vamos todos saravá
_____________________________
Na canjira de umbanda orixá que comanda é Ogum
Ele é rei do terreiro oi segura o terreiro Ogum, Ogum Iara,
Ogum beira mar, auê Ogum rompe mato
Ogum de lei quem esta de ronda é Ogum megê
____________________________________________
Seu Ogum Beira Mar o que trouxe do mar
Quando ele vem, vem beirando a areia
Vem trazendo no braço direito o rosário branco da mamãe sereia
____________________________________________
Lua bonita que ilumina o mundo inteiro
E São Jorge num instante iluminou este terreiro
Já vem chegando os guerreiros de São Jorge
Todos de lança na mão protegendo esses irmãos
Esses guerreiros eles quebram macumbeiros
Eles quebram feiticeiros debaixo do alazão
____________________________________________
Por entre matas por entre mares e terras, eu entendi o que meu pai quis dizer
Por entre matas por entre mares e terras, eu entendi o que meu pai quis dizer
Ogum não devia beber Ogum não devia fumar
A fumaça é a nuvem que passa
E a cerveja a espuma do mar
____________________________________________
Eu tenho sete espadas para me defender
Eu tenho Ogum em minha companhia
Ogum é meu pai Ogum é meu guia
Ogum é meu pai ele é filho da Virgem Maria
____________________________________________
Ogum olha eu olha a estrada
Ogum olha eu olha a estrada
Olha eu senhor Ogum,
Ogum da encruzilhada Olha eu senhor Ogum,
Ogum da encruzilhada
Quem manda na estrada é senhor Ogum
É o senhor Ogum, é o senhor Ogum
___________________________________________
Beira rio beira rio beira mar
O que se ganha de Ogum só Ogum pode tirar
Seu Ogum de ronda é quem vem girar
Vem trazendo folhas pra descarregar
____________________________________________
Seu ordenança mandou buscar,
Os capangueiros de aruanda
Pra demanda ele quebrar
Oi gira, gira, gira, girá quem já girou
Ogum vem de aruanda foi zambi quem mandou
____________________________________________
Santo Antônio é dono de terreiro,
Santo Antonio é dono de conga
Quem ata e desata é santo Antonio
Santo Antonio aqui venha desatar
____________________________________________
Ogum guarda a pedreira mandado por Oxalá
Com a espada e com a lança
Ogum seus filhos vem ajudar Ogum
____________________________________________
Ogum guerreiro de umbanda seu ponto veio afirmar
Ogum guerreiro de umbanda seu ponto veio afirmar
Ele pede ao sol e a lua ô paranga para lhe ajudar
Ele pede ao sol e a lua ô paranga para lhe ajudar
____________________________________________
Auê, auê Ogum beira mar auê Auê, auê
Ogum beira mar auê Iansã virou o tempo pra Oxum não governar
Mas durante o barra vento Oxum se pôs a chamar Auê, auê
Ogum beira mar auê Auê, auê
Ogum beira mar auê
____________________________________________
Que cavaleiro é aquele que vem cavalgando pelo céu azul
É seu Ogum matinada ele é defensor do cruzeiro do sul
Ee ê, ee á, ee ê, seu canjira pisa na umbanda
____________________________________________
Iemanjá cadê Ogum, foi com Oxossi ao rio de Jordão
Foram saudar São João Batista, e batizar Cosme e Damião
____________________________________________
Se meu pai é Ogum, vencedor de demanda
Ele vem de aruanda pra salvar filhos de umbanda
Ogum, Ogum Iara, Ogum, Ogum Iara
Salve os campos de batalhas salve a sereia do mar
Ogum, Ogum Iara
____________________________________________
Salve Ogum Mege, Ogum Rompe Mato,Ogum Beira Mar
Ele trabalha na areia meu pai e no fundo do mar
Salve Ogum Mege, Ogum Rompe Mato, Ogum Beira Mar
____________________________________________
Cavaleiro na porta bateu
Passei a mão na pemba para ver quem era
Era São Jorge guerreiro minha gente Cavaleiro da força e da fé
___________________________________________
Ogum já venceu já venceu já venceu Ogum vem de aruanda e quem lhe manda é deus Ele vem beirando rio ele vem beirando mar Oi salve Santo Antonio da calunga, Benedito e Beira Mar
____________________________________________
Quem me dera Ogum para ser meu guia
Quem me dera Ogum para ser meu guia
Mas ele é praça de cavalaria é ordenança da virgem Maria
____________________________________________
Filho de pemba bebe água no rochedo
Filho de Ogum corre tanto e não tem medo
Filho de Ogum corre tanto e não tem medo
Vou pedir ao criador que derrame o seu amor
Aos nossos guias e ao nosso babalaô
____________________________________________
Ogum venceu demandas nos campos do humaitá
Cruzou sua espada na areia lavou seu escudo no mar
____________________________________________
Ogum Oyá Ogum Oyá é de menê
Ogum Oyá Ogum Oyá é de menê
Ogum oyá é de menê, patacori é de menê
Ogum oyá é de menê, patacori é de menê
____________________________________________
O filho de umbanda seu sete estradas vem de humaita
Que bela surpresa vem de aruanda nos abençoar
____________________________________________
Nesta casa de terreiro ( Ogum )
Vim de longe pra rezar ( Ogum )
Rogo a deus pelos doentes ( Ogum )
Na fé de Obatala ( Ogum )
Ogum salve a casa santa ( Ogum )
Os presentes e os ausentes ( Ogum )
Salve nossas esperanças ( Ogum )
Salve médiuns e crianças ( Ogum )
Nego Velho ensinou ( Ogum )
Na cartilha de aruanda ( Ogum )
E Ogum não esqueceu ( Ogum )
Como vencer a demanda ( Ogum )
A tristeza foi embora ( Ogum )
Na espada de um guerreiro ( Ogum )
E a luz do romper da aurora ( Ogum )
Vai brilhar neste terreiro ( Ogum) Ogum, Ogum.
____________________________________________
Oxossi assobiou pra passar no humaitá
Oxossi assobiou pra passar no humaitá
Oi pra falar com Ogum megê, mensageiro de Oxalá
Oi pra falar com Ogum megê, mensageiro de Oxalá
____________________________________________
Quem está de ronda é São Jorge, deixa São Jorge rondar
Quem está de ronda é São Jorge, deixa São Jorge rondar
São Jorge é guerreiro que manda na terra que manda no mar
São Jorge é guerreiro que manda na terra que manda no mar
Saravá meu pai, saravá meu pai, girar é bom girar
É bom girar, é bom girar
____________________________________________
Pedimos licença a zambi, a Oxum e Iemanjá
Para abrir nossos trabalhos, com a bandeira de Oxalá
Pedimos licença a zambi, a Oxum e Iemanjá
Para abrir nossos trabalhos, com a bandeira de Oxalá
Saravá Ogum, saravá congá Saravá seu sete ondas que ele é rei é orixá
Saravá seu sete ondas que ele é rei é orixá
____________________________________________
Ogum, ogum meu pai, quem é filho de umbanda não cai
Saravá o meu terreiro, saravá o meu irmão
Quem é da linha de umbanda
Traz sempre a pemba na mão
____________________________________________
Seu cavalo corre, sua espada reluz
Sua bandeira cobre, todos os filhos de Jesus
Seu cavalo corre, sua espada reluz
Auê seu Ogum Iara aos pés da santa cruz
____________________________________________
A sua espada meu pai eu quero ver
A sua lança meu pai
Ogum megê Beira mar auê beira mar, beira mar auê beira mar
Ogum já jurou bandeira nos campos do humaitá
Ogum já venceu demanda, vamos todos saravá
___________________________________________
Sete signos salomão correu galope no sertão
Mas ele é, ele é Ogum megê
Ele veio de aruanda pra seus filhos proteger…ogunhê!!!
____________________________________________
Me abre essa gira Ogum, não deixa a demanda entrar
Me abre essa gira Ogum, não deixa a demanda entrar
É hora, é hora, é hora, Ogum, é hora de trabalhar
É hora, é hora, é hora, Ogum, é hora de trabalhar
____________________________________________
Ele jurou bandeira, ele tocou clarim
Ele jurou bandeira, ele tocou clarim
Com seu exercito branco, ele lutou por mim (2x)
Na beira da praia, Ogum 7 ondas, Ogum beira mar (2x)
Ele lutou por nós, era de madrugada
Saravá seu serenada, saravá seu 7 estradas
___________________________________________
Soa atabaque soa, senhor Ogum já vai girar (2x)
Ele disse adeus ate logo e ate já
Quando precisar de mim é so mandar chamar Soa atabaque !!!
____________________________________________
Ogum já trabalhou Ogum já saravou
Filhos de pemba, que tanto chora é meu pai Ogum que já vai embora
Filhos de pemba, que tanto chora é meu pai Ogum que já vai embora
____________________________________________
É madrugada, bate adahum, toca alvorada que ai vai ogum ( 2x )
Seu ogum 7 estradas, a bencao meu pai
Quem e filho de ogum roda balança e não cai ( 2x )
____________________________________________
Selei, selei, seu cavalo selei (2x)
Pai ogum já vai embora, seu cavalo selei (2x)
____________________________________________
Maré, maré, oi quem tem pemba joga fora
Maré, maré, senhor ogum já vai embora
____________________________________________
Selei, selei seu cavalo selei,
Selei selei seu cavalo selei
Seu ordenança mandou lhe avisar,
Que seu cavalo está pronto pra viajar
Mas como é lindo no clarão da lua,
O cavalo branco com a imagem sua.
____________________________________________